em Blog, Publicidade, Serviços

Quem trabalha na área de comunicação sabe que essa época do ano não é fácil, com prazos estourando e urgências urgentes. Para driblar esse empurra-empurra aqui na agência de publicidade, io! comunica, decidi conhecer outras formas de design que me fizessem sair da frente do computador, colocar a mão na massa e esvaziar a cachola.

Através da revista ZUPI fiquei sabendo de um workshop de Toy Art com o artista Rogério Camolez. Pena que não pude ir, mas já nasceu uma pulga atrás da minha orelha. Mas espera aí, o que é mesmo Toy Art?

Um movimento que nasceu na década de 90, nas mãos do Michael Lau (um artista chinês) que passou a customizar bonecos com expressões urbanas e inusitadas. É uma arte como outra qualquer, a diferença é que esses “bonecos” são feitos por ilustradores, designers, artistas e grafiteiros com fortes influências culturais contemporâneas.

O mais interessante é que a regra é não ter regra. Cada artista escolhe o seu material, seja resina, madeira, tecido ou metal e customiza esse personagem com temas como violência, ironia, subversão e criticas sociais. São produzidos em séries limitadas, alguns se tornam peças para colecionadores fanáticos por esse movimento.

Voltando o meu siricutico de testar essa técnica, comprei massas de biscuit para me adaptar a tal “escultura” inusitada e ver se eu tinha jeito para a coisa.

O primeiro passo foi idealizar um personagem: qual o seu estilo, seu gosto cultural, como ele experimenta a sociedade. E aí nasceu o Zé Verbal, um homem urbano, com influências mochileiras que prefere analisar primeiro e falar com os olhos.

Como marinheira de primeira viagem, acho que me saí bem, e não vou parar por aqui. Ainda tenho muito a aprender e isso é fascinante. O resultado? Vocês conferem agora!

Zé Verbal também gosta de trabalhar aqui na agência io! comunica

Zé Verbal também gosta de trabalhar aqui na agência io! comunica

Zé Verbal após o nascimento

Zé Verbal após o nascimento. A noite é uma criança.

 

Toy Art de Rogério Camolez

Toy Art de Rogério Camolez, sem palavras, o cara é o cara

 

Artista desconhecido, mas muito criativo.

Artista ou artistas desconhecidos, mas muito criativos. Se alguém souber o nome dele é só postar.

 

Comentarios

Comentarios

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

restaurante brunholi jundiai-01
%d blogueiros gostam disto: