em Blog

Recentemente fiz um texto de toy art para o blog da io! sobre uma análise conceitual dessa forma artística e, à época, apenas tinha conhecimento teórico. No último dia 24 de maio, fiz o curso na prática com o artista Caio Morel. E essas foram as minhas conclusões:

O Professor

Caio Morel é referência em modelagens de personagens reais, divididos em duas séries: Legends, com homenagens a grandes nomes da cultura pop e modelagem de corpo inteiro, como Elvis Presley, Joey Ramone, Dr. Spock, Sheldon e Samuel L. Jackson.

toyart_caiomorel

A outra série – Os Cabeçudos – mostra também artistas de renome com grandes cabeças em peças de aproximadamente 26cm de altura.  Walter White (Breaking Bad), Keith Richards (Rolling Stones) e Don Corleone (O Poderoso Chefão) são alguns dos brinquedinhos exclusivos que você já deve ter visto a venda em lojas moderninhas de presentes criativos.

toyart-caiomorel

Caio Morel também realiza projetos personalizados para campanhas publicitárias e projetos particulares, como um boneco do seu pai, namorada…

O Curso

Lembra que comentei sobre o texto que fiz de toy art. Eu tinha criado em dezembro do ano passado e, a partir disso, fui atrás de algo para me especializar. Em janeiro deste ano, me inscrevi no curso, realizado pela Zupi Academy. 5 meses depois, chegou o grande momento, que eu achava que sairia com o meu boneco pronto, sorrindo.

Durante as 8 horas de curso, percebi que, quando o assunto é toy art, o pré-requisito é ter paciência. E demos início a parte prática. Primeiro aprendi a criar a estrutura de arame, ou seja, o esqueleto do meu boneco. Você precisa ter a ideia de como ele estará posicionado, pois essa etapa não tem volta. E, posteriormente, você o reveste com durepox e finaliza.

toyart_caiomorel

O próximo passo é fazer a modelagem da cabeça, mas vou dedicar um espaço para falar sobre isso mais abaixo. O importante do curso é que, além de te colocar com a mão na massa, literalmente, ele permitiu o conhecimento das ferramentas (pinças e até materiais cirúrgicos, mas não existe uma regra, e sim uma adaptação de cada artista), os tipos de massa de modelagem e a própria idealização dos personagens, dedicando atenção aos pontos em destaque dele – a caracterização exclusiva.

Por fim, o sonho perfeito seria aplicar esse conhecimento do curso na profissão, desenhando os personagens para as campanhas publicitárias da agência de marketing, io! comunica. A princípio, essa busca é muito mais para entender uma nova forma de arte e, de quebra, ganhei um hobby.

A modelagem

O primeiro passo é imaginar o que o seu personagem estará pensando naquele momento. Ele está tenso? Feliz? O que você quer transmitir? Com isso em mente, inicia-se pela modelagem do nariz, passando para o olho e, enfim, as expressões em destaque: sobrancelha, boca, maçã do rosto, rugas e até a complexa modelagem da orelha.

toyart_caiomorel

Diferentemente de trabalhar com o computador, o toy art exige uma sensibilidade com as mãos, é preciso definir a força do toque, e é muito natural que você ganhe algumas bolhas nos dedos. Mas não se desespere, dá até orgulho.

O curso me fez refletir como é interessante em um mesmo local artistas utilizando a mesma técnica com personagens tão distintos. São os filhos, sendo educados pelo mesmo pai e com personalidades tão diferentes. Esse é o tesão da arte: visões diferente com a mesma perspectiva.

O meu boneco

Ainda inacabado, o meu boneco saiu diferente do que eu imaginava. Mas me surpreendi com o resultado perfeito (PRA MIM) e agora eu já consigo avaliar o que posso melhorar nos próximos.

Seja por hobby ou pelo lado profissional, o curso ajudou a valorizar qualquer tipo de arte, seja a de durepox em feirinha hippie até profissionais que buscam novas tecnologias ou matérias-primas para levar a arte para as vida das pessoas.

toyart_caiomorel

 

Comentarios

Comentarios

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

linkedin
%d blogueiros gostam disto: