em Blog

Uma plataforma bastante interessante para profissionais de diferentes áreas compartilharem conhecimento, trocarem informações atuais e formarem professional network é o LinkedIn Pulse, uma ferramenta parecida com um blog, em que os usuários da mídia podem publicar artigos sobre temas como comunicação, liderança, recursos humanos, tendências e mercado de trabalho.

Ao publicar um artigo, este fica arquivado no perfil do usuário e todas as conexões da pessoa recebem uma notificação da atualização. No entanto, os textos do Pulse dividem o mesmo espaço e podem ser vistos por pessoas em todo mundo.

Alguns clientes da io! comunica, como aqueles de áreas bem-específicas e técnicas (construção civil e energia elétrica), utilizam o Pulse. Profissionais destas empresas assinam artigos relacionados à sua área de atuação e expertise e, depois, de acordo com um planejamento estratégico e cronograma pré-definidos, os mesmos são compartilhados nos perfis das organizações no LinkedIn.

 

É importante lembrar que para participar do Pulse não basta simplesmente escrever e publicar. A plataforma dá visibilidade e ajuda profissionais a se recolocarem no mercado, a solucionarem dúvidas, a aprenderem técnicas novas, enfim, é um importante espaço para que pessoas se conheçam, mas também entrem em contato com as marcas por meio de seus colaboradores.

Além de ser uma rica fonte de pesquisa e, até mesmo, de curiosidade, o Pulse é uma porta de entrada para que os internautas saibam como é a conduta de determinado profissional e/ou de uma organização diante de determinados assuntos. É possível encontrar desde artigos técnicos sobre o crescimento do uso da tecnologia de impressão 3D até 2025 na construção civil, por exemplo, até análises sobre situações pontuais, como o caso de assédio sexual que ocorreu em 2016 envolvendo um cantor de funk e uma repórter de um importante portal de notícias do Brasil.

Como publicar 

A opção “escreva um artigo” atualmente fica na home page, logo abaixo do nome do usuário, junto com “compartilhar atualização” e “carregar foto”. É possível incrementar o texto com uma capa (imagem), aspas em destaque, links e tópicos. Outra alternativa que aparece para a pessoa automaticamente ao clicar em “publicar” é o campo para se preencher com hashtags, que contribuem para tornar o texto mais fácil de ser encontrado pelos internautas na busca, de acordo com a temática.

O LinkedIn disponibiliza ainda uma página com as estatísticas de cada artigo escrito pela pessoa, onde se vê o número de visualizações e quantas curtidas, compartilhamentos e comentários o texto recebeu.

Opções

Em todo mundo, aproximadamente 500 pessoas escrevem sob o título de LinkedIn Influencers. Alguns deles são: Bill Gates, Barack Obama, Nizan Guanaes, Abílio Diniz, Luíza Trajano, Ricardo Amorim, Sofia Esteves e Viviane Senna. E você pode encontrá-los aqui: https://www.linkedin.com/pulse/discover

Outra opção muito interessante para os iniciantes no Pulse é tentarem ser publicados neste link: https://www.linkedin.com/pulse/feed/channel/noticias. O endereço traz artigos escolhidos como os melhores do dia pelos editores do LinkedIn. Mas se você quiser ler sobre outros temas, é possível trocar o termo “noticias” por “politica”, por exemplo.

Dicas para ser escolhido

  • Escreva sobre assuntos que você domine e lembre-se que nunca é demais pesquisar e embasar suas opiniões em fontes e dados confiáveis;

 

  • Não tenha medo de expor suas experiências e escrever sobre seus desafios – as pessoas geralmente aprendem com exemplos;

 

  • Ao ser lido, você cria uma espécie de identidade, a sua marca, então, não deixe de considerar o perfil dos seus leitores, pensar em quem eles são, o que eles gostam e o que eles precisam saber. A partir daí, escreva de maneira atrativa para eles;

 

  • Dê importância aos títulos: eles devem ser bem-pensados e chamar atenção, mas não podem revelar todo o conteúdo do texto – devem deixar o leitor curioso; Outra alternativa que pode atrair ou afugentar leitores é a capa, ou seja, a imagem que acompanha seu artigo. Assim como o título, ela não pode entregar toda a mensagem, mas deve resumir de maneira concisa o tema e ainda atrair e ser curiosa;

 

  • Não tenha vergonha: se você se empenhar em fazer um bom trabalho, você merece divulgá-lo. Então, compartilhe-o nas suas redes sociais. Quanto mais pessoas conhecidas lerem seu texto, mais desconhecidos terão chances de lê-lo também e, assim, ele chega ao maior número possível de pessoas;

 

  • Se você não obtiver muito sucesso depois da primeira tentativa, não desista! Lembre-se que está competindo com muitas pessoas, de profissões e níveis de conhecimentos diferentes. Isto não quer dizer que o artigo de alguém seja mais importante do que o seu, apenas que alguém pode ter mais experiência. Só isso. Se você tratar seu texto com respeito, seu leitor também tratará;

 

  • Uma reputação não se constrói de uma hora para outra: seja consistente e frequente em suas publicações para que suas chances de ser escolhido aumentem. E boa sorte!

 

Neste link há dicas do próprio LinkedIn de como escrever um bom artigo:

https://www.linkedin.com/help/linkedin/answer/53910?lang=pt

Comentarios

Comentarios

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

%d blogueiros gostam disto: